Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

sábado, 21 de junho de 2008

De uma nova sensação o que tiver que ser será, contanto que seja Viver.


De um modo ou de outro as expectativas vêm e se apresentam. O que parece ser em demasia uma aflição pode ser um impulso a uma ação-não-ação. Não é preciso estar inerte por se portar em estado de espera, desde que esta seja indelével e inconsistente em ansiedade de obter um propósito, uma “cura”, um desfecho. Porque esperar pode ser uma ação das mais corajosas, das mais prazerosas, das mais sábias.

A espera só é espera-benéfica se vier desprovida de obrigação. Quem espera tem o “costume” de já ter algo a que se “resolver”. Quem espera deve ter o prazer de curtir o não-resolvido-momentâneo.

Assim como, a certeza da morte nos impulsiona a viver mais intensamente sem nos manter fixados na incerteza do dia que se dará o desfecho-final.

Estar nO viver e experimentar o que o momento nos oferece bebendo do vinho até o último gole, degustando-o sem a ânsia de saber que vai ficar sem ele quando findo, é saber que nada precisa ser esperado e nem desesperado, mas sim vivenciado em sua superficial-profundidade.

O que tem que ser será. E eu quero mais é vivenciar!!!

“Você pode até

me empurrar

de um penhasco,


mas eu vou dizer:

E daí?! Eu adoro voar!”
[C. Lispector]
_____________
____________________

Ao som do excesso de "New Sensation" - INXS:


E a letrinha que quem quiser pode pular em ler; afinal jump é a proposta! [risos]

"Viva, baby, viva
Agora que o dia terminou
Eu sinto uma nova sensação

Em momentos perfeitos

Tão impossíveis de recusar

Durma, baby, durma
Agora que a noite terminou
E o sol chega
Entrando como um Deus em nosso quarto
Todo em luz perfeita e promessas

Pegou você
Uma nova sensação
Agora
Vai tomar conta de você
Uma nova sensação

Sonhe, baby, sonhe
Com tudo que veio e que vai
E você descobrirá, no fim de tudo
Que não existe
Diferença nenhuma nisso

Chore, baby, chore
Quando precisar desabafar
Eu serei seu ombro
Você pode me contar tudo
Não esconda de mim

Bem, você é a única razão pela qual estou aqui
Você está preparada para uma nova sensação?
Agora
Vou te dar uma nova sensação

Odeie, baby, odeie
Quando não restar mais nada a você
Você é como eu
O que poderia fazer?
Logo isso vai passar
Não deixe sua dor te dominar

Ame, baby, ame
Está estampado em seu rosto
Não há nada melhor para fazermos
Do que viver para sempre
Isso é tudo que podemos fazer"


____________________***__________________

[Imagem by "pai"Google.]

*

*

*

Beijos.

10 comentários:

Paula Calixto disse...

Atrevimento é se deixar colher por quem nos quer.

Nisso não há "missão impossível".

(;

_________________

Beijos nim tudo.

ki-colado disse...

Interessante Paulinha, é poder notar que por vezes, surgem situações tão inexperadas, e tão maravilhosas, que vão muito mais além do que meras expectativas.

Afinal, no fundo nós, existe uma procura pelo caminho da felicidade, cujo registro está guardado no fundo do inconsciênte humano...

Então... o que é felicidade?

Utopia?

Dê-me um mundo de crianças...
Aí então, lhe direi onde está.

Madalena Barranco disse...

Ah, dona maçãzinha... Eu não havia pensado nisso dessa maneira: aprender a viver o "não-resolvido-momentâneo"! Isso me faz lembrar do Holismo, que fala de algo que eu sempre admirei: viver o aqui e o agora.

Beijos - tenha uma linda semana!
moranguinha
P.S.: a Bruxauva diz que ela sempre viveu o tal do momentâneo e nesse estilo de ser... Já passou dos m il anos de idade...

Paulo R Diesel disse...

Também gosto de viver/vivenciar o momento, o agora sem pré-ocupar-me.

Bj, Paula.

☆ Renata Emy ☆ disse...

Hey sumidona,

Como vc está?

Tô precisando de uma receita de fluoxetina!

Pode me dar uma? hehe...

Saudades d vc!

Bjoo

Diego Gonçalves Amaral disse...

felicidade não existe por que não é um consenso, cada um forja sua própria felicidade, eterna enquanto temporária ... como eu li em algum lugar que não lembro: "alguns morrem apenas para viver"

Temos que estar prontos para novas sensações!

grande beijo, minha amiga!

ROBSON disse...

sou fã do seu blog,ler ele é como viajar num livro de psicologia sempre causando novas sensaçoes e descobertas.

Sig Mundi disse...

Olá,
Ando meio sumida, consumida em esperar, mas ocupando meu tempo/espera pra não ficar doida!
bjs, andrea

elvira carvalho disse...

E então princesa, que tal a sensação? Uma semana de vôo já dá para voar imenso...rsrsrs.
Um abraço e bom fim de semana

Rui Caetano disse...

Bom fim de semana