Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

sábado, 22 de março de 2008

A gente segue para transformar o retorno.

_________

______________














E por que eu respondi à altura? Porque minha compreensão é simples: se há gritos por algo que não se leva à sério, os gritos não são importantes.

E por que eu voltei aquele lugar que cedeu espaço a destemperos, ouvindo ao telefone: “Eu me exaltei, mas eu admito que você estava errada! Tá todo mundo pedindo pra você voltar.” ? [risos-dentro-mim] Porque eu sei que não sou maior que ninguém e nem ninguém é maior que eu. Eu já havia perdoado porque tudo ali cabia perdão, prosseguido, simplesmente; deixando só recado.

Mas, as pessoas têm seu tempo de priorizar. Eu tenho ou, neste caso, tive já o meu. E hoje sou sincera com quem tenho que ser: comigo mesma. Mas, em certos momentos, digo: na vida-parte-inteira, não se consegue ensinar algo que se queira em sutileza, a não ser por atitude-metáfora.

Voltei porque destempero de vida é perder tempo em levar tudo à sério. Mas não voltei a mesma porque eu já havia decidido prosseguir antes, e no caminho transformei. Fui antes de voltar.

Há muito, eu sorrio de mim mesma sem culpa e com prazer; mas não perdi a seriedade. E eu só rio nos outros de correnteza, mas não os perco de vista na passagem.

*

*

Vaticinando no player: “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.”
Dom de Iludir - Caetano




______***_____

[Imagem by "pai"Google]

*

*

*

Beijos leves.

14 comentários:

Paula Calixto disse...

“Apenas se ofende a Deus, que é o único que perdoa.”
[Paul Valéry]

_________


Beijos nim tudo.

Mila disse...

Passando pra te desejar uma Feliz Páscoa!!!!
Beijos Mila
Saudades viu!!!!

Paulo R Diesel disse...

Sempre voltamos porque sempre vamos.
Feliz Páscoa. Paula.
Abraço

lccm disse...

gostei da Dança das Horas, há quanto tempo não a ouvia.

Quanto ao texto, a vida é uma eterna e permanente mudança, né ? beijo

ki-colado disse...

Interessante é que voltei recente da cidade de Montes Claros bem no sertão de Minas Gerais, e não vi complicação alguma por lá...

Ali, o mundo certamente para, pra ver as plantinhas crescerem junto com a filharada, que as mulheres dão pra seus maridos. Ali, não há tempo pra essa "coisa" de pelo no ovo da cidade grande... Pois é...

Feliz Páscoa, mesmo que o desejo seja atrasado, Paulinha Calixto!

Pavón disse...

Vida...
Eterna mudança, eterno aprendizado, eterno murro em ponta de faca, eterna alegria de viver intensamente todos os momentos...

Beijos

Rafael disse...

Parece um desabafo tão pessoal que me sinto até intruso comentando.

Então, deixarei o silêncio e tentarei o que me permite minha competência (haha):

campo vetorial é uma função que transforma pontos em vetores. laplaciano é um operador matemático. bem, na verdade eu só quis assustar vocês, porque não existe laplaciano vec campo vetorial. 'vec' é uma forma prática de dizer 'produto vetorial'. O laplaciano não é um vetor.
uma integral é uma soma de infinitas coisas que tendem a zero, e, bem, o triplo é pra dizer que ela acontece em três dimensões.
Agora, falando de forma prática, esse monstrengo não serve pra nada fora de um contexto.

ajudei?

Paula Calixto disse...

Bom, poiZé. Tudo na Vida em todo tempo é mutável, mas não perceptível o tempo todo; e não-igual; e diferente em pessoas não-iguais. Mas tudo muda, muda! (; Acho isso bom. Não vejo drama-mexicano nos destemperos de amigos; vejo: co-atitudes, co-reações. Não sou chegada ao papel de vítima. Mas tenho noção dos papéis, que pouco me importam, como explicitado no texto. Coisas sem importância não merecem importância, só relevância para reflexão. O texto é reflexivo-conclusivo, ou, o contrê.[risos]

E, Rafael... Tudo aqui é pessoal! (; Raros são os textos que escrevo impessoalmente. Contudo, o que o leitor entende pode não corresponder à veracidade dos fatos e da autora, porque quando se lê a gente vê a NOSSA verdade. Pode comentar o que quiser, sim. Caso sinta não-adequado o coment de alguém, eu modero. [risos] (;
E o seu eu vou continuar refletindo, que tô mais perdida que cego-em-tiroteio com tanta informação!kkkkkkkkkk... Mas adorei! (((:

Adoro tooooooooodos!

Beijos, lindezas.

Paula Calixto disse...

lccm, "Dança das Horas"? Onde?! Onde coloquei essa música?! [risos] A música é "Dom de Iludir". Ato-falho[?]. Reflita porque trocou o nome das músicas. As duas têm um significado com algo muito importante em você; mas uma mais que outra. Qual? Só você pode descobrir. (;

Beijos, grata e volte sempre que quiser. (:

paula barros disse...

Perdoar - não é fácil. Nessa semana santa passei por um momento que me desculparam. Mas para mim teve valor de perdão.

Priorizar - penso que quando priorizamos sempre colhemos frutos.

beijos

Drica disse...

desentendimentos acontecem e acho q sempre voltamos diferentes d qd fomos....mudamos constantemente e as vezes nem nos percebemos disto....bjao pra vc! :D

Maria Laura disse...

São complicadas as relações entre as pessoas. É importante relativizar e manter essa capacidade de rir, por vezes de nós próprios.

Girassol disse...

Tarde demais para desejar uma óptima Páscoa, mas sempre a tempo de deixar um beijo e desejar uma óptima semana.

Beijo.

Diego disse...

há como mensurar razões?

creio que cada um julga a vida que lhe é pertinente, por isso tantas rusgas, somos -todos nós- egocêntricos, egoístas e sovinas... somos do tamanho de nossa ignorância!

beijo!