Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

De presente [e quem sabe um presente...]
























Às ve

" Imaginação"

E tud

Às vezes minha mente é pega

Eu sentindo:

Meu indicador

Tocar sua testa;

Correr sobre seu nariz;

Contornar tua boca;

E o sentimento voa livre...

Às vezes minha mente é traída

Eu imaginando:

Minha boca

Beijar sua testa;

Escorrer por seu nariz;

Colar em sua boca;

E a imaginação voa solta...

Às vezes sou poeta...

Outras vezes um sonhador.

Mas entre o tocar e o beijar

A sua testa;

O seu nariz; e

Sua boca.

Percebo que o sentimento já não mais existe

Nem voa livre...

Que a imaginação vagou ao tempo

Nem voa solta...

E tudo em volta de mim, é real.

[Evaldo Moreira]

......

- Grata!!!

Beijos


Gra

2 comentários:

Plugado disse...

Não conheço o autor, ms lindo poema! Beijão

ki-colado disse...

Lendo o poema que postates só pude postar um que acabei de postar no metamorfose...


És Livre...

És livre na luz do Sol
e livre ante a estrela da noite.
E és livre quando não há sol,
nem lua ou estrelas.

Inclusive, és livre quando fechas os olhos
a tudo que existe.
Porém, és escravo de quem amas
pelo fato mesmo de amá-lo.
E és escravo de quem te ama,
pelo fato mesmo de deixar-te amar.

Khalil Gibran