Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

segunda-feira, 11 de junho de 2007

Tocando en frente porque minha alma cativa!



A vida é uma maré de altos e baixos.
A Lua influencia e, uma hora as ondas invadem a margem.
O Sol vem e a temperatura muda e se revela no cair da noite.
A vida é paradoxal até na natureza.
A gente se invade da beleza cíclica, age, outras vezes: aguarda.
Lá em cima, no topo da árvore, olhamos o desenrolar do que se trava no chão.
Fazemos em esperar a colheita um aprimoramento de nossas qualidades.
Nosso sabor muda pra melhor, ou, decidimos cair podres no chão.
A vida é paradoxal até na natureza.
O tempo tem o Sol na fronte e a tempestade muda o tom do ambiente.
Nos desiludimos porquê vemos na chuva a tristeza, um mero castigo.
Mas, sem a chuva, sem a tempestade não há alimento pras flores explodirem em cor e viço!
Pois, o inverno precede a primavera.
É preciso ser paradoxalmente na alma cativa e tocar em frente a lida!
Quem é essencialmente encanto, segue a vida e se rodeia de tudo........
.........................................porque sua alma cativa e é cativada!!!
[Paula Calixto]

-Presentinho: duas músicas que interpretam bem tudo que quero dizer, em letra e vídeo!








"É preciso AMOR pra poder pulsar
É preciso PAZ para sorrir
É preciso CHUVA para flrorir"









"Assumo os pecados...
...Os ventos do norte não movem moinhos...
Meu sangue latino
Minha ALMA CATIVA
E o que me importa
É NÃO ESTAR VENCIDO"




Beijos, simplesmente... beijos em risos que só eu e poucos podem entender!

10 comentários:

TH disse...

Tocando em Frente é uma verdadeira lição de vida minha linda...adoro a letra e adorei o q vc escreveu tb
SAUDADEEEE
Passa no meu Blog, tem umas palavras minhas sobre nosso querido estado
TE ADORO

Anônimo disse...

Bela postagem. Como vc. Sou seu fã desde lá do orkut. Mas só depois revelo.hehehehe
.
.
.
Sangue Latino..... numa das mais belas vozes de um dos mais maravilhosos artisitas da face dessa terra !!
.
.
Bjo

ki-colado disse...

Toda visão é antagonica quando se procura o prazer narciso.

Anônimo disse...

-som-cor-palvras ao vento e algo mais. teu blog eh tudo de bom.
=)

Marco disse...

"Nos desiludimos porquê vemos na chuva a tristeza, um mero castigo.
Mas, sem a chuva, sem a tempestade não há alimento pras flores explodirem em cor e viço!
Pois, o inverno precede a primavera."

Que lindo isso Paula!

Passando para agradecer a visita em meu espaço e lhe parabenizar pelo "teu"!

Belo!!!

Voltarei!

Beijos...

Girassol disse...

É preciso entender que tudo tem os dois lados, e que ambos são necessários para que a vida faça sentido.
Que seria do Verão sem o Inverno? Ou das alegrias sem as dores?Experimentar umas, faz-nos reconhecer o valor e importância das outras.
Essa música do Almir Sater tem uma das letras mais fabulosas que já encontrei. Uma óptima lição de vida se prestarmos atenção.

Beijinhos.

Elza disse...

"É preciso AMOR pra poder pulsar
É preciso PAZ para sorrir
É preciso CHUVA para flrorir"

éééééé...

Seguindo a vida em frente e de frente!!!

Paula Calixto disse...

Grata a todos que vêm aqui e mais ainda a quem comenta sinceramente!!!

Essa postagem não faz alusão só a sábia "Tocando em Frente" de Almir Sater e Renato Teixeira.

Expus "Sangue Latino" porquê é uma letra que fala da fortaleza interior em si.

A alma que cativa é cativada também. E nada mais corajoso que assumirmos nossos "pecados", a responsabilidade de nossas ações, seja a de simplesmente pegar uma folha no chão a algo mais explicitamente tocante!

Beijos

un dress disse...

fiquei a ouvir neymatogrosso!!

sem respirar...

danke.paula!!



beijO :)

João Araújo disse...

Olá, estou aqui novamente...

Em outras palavras, tudo está completamente entrelaçado em harmonia com o que vem pela frente. Tudo é necessário e nada é em vão. A noite precede o dia, a chuva advém a calmaria num céu azul e límpido...

Bjs e uma boa noite