Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

sábado, 30 de junho de 2007

Sabedoria é olhar com a alma, enxergar com o coração e ver com a razão

"É preciso a certeza de que tudo vai mudar; É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós: onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão. O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração; Pois a vida está nos olhos de quem sabe ver ..."















Muitas coisas andam acontecendo nesse país. Coisas que, ao contrário do que se pensa, já ocorrem há séculos e há séculos são encobertas por uma "pano" que se traduz no acordo secreto do "eu passo o rodo, tu passas, ele passa, nós passamos e no fim, se der alguma merda, uma mão lava a outra, e as duas continuam se melando".

Conversando com meu pai, indignada há alguns dias com tudo isso que vem vindo à tona no atual governo Lula, eu fazia duras críticas a tudo isso como uma eleitora sequencial de Lula que se vê cada vez mais decepcionada com todos os sonhos e expectativas depositadas no desempenho do atual presidente em MUDAR esse país. Aí... meu pai, um oficial militar que foi perseguido injustamente à época da ditadura por, justamente, não concordar com certos posicionamentos do governo, um cidadão que sempre teve visão política admirável pelos meus primos que viveram na pele a repressão daqueles tempos, um senhor de 77 aninhos que, como eu, votou desde da primeira eleição direta no Lula, me disse assim:

"-Paula, minha filha... quando na história desse país você viu a PF trabalhar tanto para prender 'gabiru'?! Quando na história desse país você ouviu falar em descoberta clara de esquema de corrupção desses políticos?! Quando na história desse país você viu tanto colarinho branco algemado, filha?! Eu nunca vi em meus 77 anos tudo isso nessa magnitude!!! O Lula não tá botando na cadeia?! É verdade. Ainda não vimos isso!" - e continua o cidadão que exerceu 15 anos de delegado - "O primeiro passo pra descobrir um crime é investigação que parte do que muita gente chama denúncia, o que não é. É na verdade notícia criminis, ou seja, o noticiar de um crime. A investigação começa, os suspeitos são indiciados e terminado o processo investigativo, o Delegado encaminha o laudo do inquérito policial ao Juiz, que passa ao MP na figura do Promotor, o qual 'abre vistas', devolve ao Juiz e daí abre-se o Processo Criminal. Justiça tem seus passos. Tudo tem seus passos. O Brasil tem séculos de corrupção e SÓ AGORA um governo federal permitiu que toda essa sujeira venha a tona pra o conhecimento da sociedade! Daí... se não está punindo ainda, se não houve condenação de alguém ainda... o passo foi dado e o caminho é certo! Porque aquilo que há séculos o povo espera, pelo menos agora, deu-se INÍCIO! E quem acredita em santo milagroso nem em Deus deve acreditar porque o que faz o milagre acontecer é a fé e a vida, minha filha!!! Não perca sua fé de que o mundo e esse seu país vai mudar!!! Não deixe que lhe tirem aquilo que acaba com a existência de qualquer homem quando se usurpa dele: sua esperança! Isso é que move a vida!"

Sabe... eu AMO MEU PAI!!! Pode existir muitos pais bons nesse mundão de meu Deus, mas eu sempre tive a nítida certeza que o meu é o melhor pai do mundo, com todos os seus defeitos de chatice [kkkkkkkkk...] e teimosia e todos os defeitos que fazem dele ser humano: meu pai é o máximo!!!

E há quem diga que respeitar os mais velhos é um clichê ultrapassado!

Sem mais palavras.

[O clôse na foto é do meu olho.
Ficaria mais bonito se fosse de papai,
com seu olho azul céu maravilhoso...
risos... mas, ele é avesso a fotos
em internet.]

Muita ponderação, além de muita fé que as coisas mudem sim!!!
Mesmo que não mudem...

"Se não houve frutos, pelo menos, valeu a beleza das flores."




Beijos perfumados




2 comentários:

Paula Calixto disse...

Seguinte caros visitantes:
no mundo, no Brasil ninguém é obrigado a ter a mesma visão política e nem concordar com tudo!
Quem tem blog está aberto automaticamente (na minha opinião) a críticas sobre o que publica. E, em absoluto, me incomodo e rejeito as que vierem dirigidas a minha pessoa e as que vierem de contra-partida as minhas opniões que publico aqui.
Contudo, EM HIPÓTESE ALGUMA, aceitarei qualquer crítica destrutiva a figura de meu pai, a qual foi tema dessa minha publicação.
Quer criticar o governo Lula? Quer criticar a visão política da Paula Calixto? Fiquem a vontade.
Ao meu pai, se não houver palavras de elogio, limitem, por gentileza, a opnião ao silêncio.
É questão pessoal, sim!!!
Grata pela compreensão.

Beijos a todos

ki-colado disse...

Sou solidário para contigo sabendo que meu pai também foi perseguido como militar pelas injustiças da sua época, agora falecido, tenho-o na memória como um ser iluminado, que esteve entre nós, buscando um mundo melhor. Talvez, seja sempre complicado falar ou escrever sobre o assunto. Mas, esperança dizem que é a última que morre, e assim ainda temos vida para definir caminhos. O bom é ter a visão de ver de perto a escravidão.

ps. Satirico é assistir o filme americano "Matriz" e notar toda similariedade com o sistema que vivemos in the world.

Estava agora de manhã vendo um documentário sobre os nossos indios e pensando comigo: Se no futuro as coisas não mudarem por aqui, irei para o alto Xingú ver se caso eles me aceitam como estagiário. Acredito que só com os indios (os verdadeiros brasileiros)conseguirei aprender o que seja ser civilizado.

Greetings Paula Calixto.