Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

sábado, 17 de novembro de 2007

De fórum íntimo

Assim eu defino a fé!

E me vi compelida a publicar minhas reflexões sobre isso ao voltar da visitinha ao Amaral. Pra variar, ele me pôs a pensar. Bom isso!

PoiZé... Eu não acredito na existência do diabo. Não como está na Bíblia! Não acredito na existência de um ser que se dedique eternamente ao mal. Por outro lado, acredito que as pessoas não mudam num passe de mágica quando morrem e nem ficam dormindo até o julgamento final.

Posso estar errada. Mas, quem é dono da verdade absoluta?! Na Bíblia, eu só creio nas palavras proferidas por Jesus Cristo - segundo a escritura, que passou por inúmeros concílios, diga-se de passagem! E tais quando vivo e ressuscitado, até o evangélio de João. Tudo que contradisser essas máximas, para mim, não voga porque o que Jesus fala é lei máxima, pra mim, na Bíblia!

Mas, essa reflexão sobre Deus e sua "obra-prima" - o ser humano - me lembrou outra estória: a de Lúcifer. Por que este caiu junto com os seus?

- Porque queria ser igual a Deus!!!

Essa mensagem sublimar, muita gente não se dá conta! E fazem de Deus algo em pé-de-igualdade com o ser humano. Tolice isso!!! Nunca seremos como Deus!!!

Podemos criar várias coisas. Mas somos condicionados a essa inferioridade que não tem nada de menosprezante. Contraditório, não?! Mas a vida o que é, senão um verdadeiro paradoxo existencial?!

Nessa "lauda" cabe a nós sermos o melhor que pudermos, porque isso nos preserva e nos faz bem! E isso deveria, por si só, bastar! Pena que o egoísmo e a estranheza que nos causa conviver com o universo de seres que se entregam ao narcisismo patológico, nos impregna ao ponto de nos contaminar. Nos deixa envolver por esse posicionamento inócuo e desmedido. Mas somos imperfeitos. E isso, nós podemos não entender, ou aceitar. No entanto, Deus entende!!!


Coidiloko!!! [risos]

Por essas e por outras que, quando morrer tenho a certeza íntima que, mesmo que não tivesse fé em Deus, eu irei renascer, nem que seja feito grama, adubo. E me tornarei árvore, ou alimento. Energia!!!

Até o que explica a "não-imortalidade" embasa a certeza de imortalidade existencial. É.

"Não consigo acreditar que o mesmo deus que nos deu inteligência, razão e bom senso nos proíba de usá-los"

[Galileu]


*

Falando em "instinto do mal"...

Dica de Feriado:

Pra mim feriado combina com Amor, com baladinhas, com estudo, mar, chuva, vinho tinto sêco mais pizza de mussarella-de-búfalo e rúcula... e com pipoca, refri e dvd! [risos]

Assisti esse filme hoje:


Pra quem gosta do gênero "drama", sem sangue para todos os lados, ou seja, sem apelação e ainda leu a história (foi real!) achei muito legal!

O filme peca um pouco por monotonia, mas é fiel a história original. E isso é sempre bom de se ver. (;

A resenha toda sobre ele, com direito a críticas, encontra-se nesse site:

Cinemacomrapadura



*
*
*
Falando em chuva...

Hoje choveu um bocadinho em Maceió (garças a Deus!). E deu uma refrescada boa!!! Amo chuva! Por mim chovia um pouquinho todo dia, mas nada que causasse catástrofes. Só pra refrescar, que esse clima aqui tá muito quente! Nossa... acho que no Saara tá fazendo menos calor que em Alagoas!!! Coidiloko!
*
*
*
[Imagens by paiGoogle
e Cinemacomrapadura]
*
*
*
Beijos molhados de calor-da-alma!

12 comentários:

Paula Calixto disse...

Aquilo que acredito é MEU!

Beijos nim tudo.

Rui Caetano disse...

A chuva é muito agradável quando não em excesso. Eu também gosto imenso da chuva. Este blogue continua muito interessante.

Flavinha disse...

essa frase do Galileu sintetiza tudo que sempre pensei a respeito de nossa condição de criaturas em relação ao Criador - e vice-cersa.

Aliás... se diseer aqui tudo o que eu penso, é bem capaz de alguém acender uma fogueira oara que eu arda nela até virar carvão (rsrsrs)...

Beijos, moça linda!

Jasmim disse...

Olá paula
Gosto do teu texto, revejo na tua crença, a minha crença.
Oobrigada pelas tuas visitas, vou estar ausente (visitarei Maceió em breve, de 11-14).
Um beijo
Um dia

Um dia, gastos, voltaremos
A viver livres como os animais
E mesmo tão cansados floriremos
Irmãos vivos do mar e dos pinhais.


O vento levará os mil cansaços
Dos gestos agitados irreais
E há-de voltar aos nosso membros lassos
A leve rapidez dos animais.


Só então poderemos caminhar
Através do mistério que se embala
No verde dos pinhais na voz do mar
E em nós germinará a sua fala.



Sophia de Mello Breyner Andresen

elvira carvalho disse...

Cheguei ao acaso como quem não quer a coisa e descubro uma virginiana. Como também sou, virginiana, resolvi ficar. Li o seu post, sobre Deus e o Diabo.E achei muito pertinentes as suas considerações.
Eu acredito em Deus, como uma entidade divina, que nos ama e nos deixa o livre arbítre de escolher o que queremos da vida, mesmo que o que queremos não O englobe a Ele.
Como um pai que acompanha a vida de um filho, sem se impôr, e que só aparece quando o filho pede ajuda. Também acredito que o ser humano criado à semelhança d'Ele, tem no seu subconsciente uma partícula desse mesmo Deus. A tal alma de que falam...
O diabo, também não acredito na versão que nos impuseram quando crianças. O diabo o "tal anjo caído em desgraça, porque se quiz substituir a Deus" será também parte de uma inteligência divina, que enveredou pelo mal. E que também coabita em nós.
Claro que isto é apenas uma opinião, mas é no que acredito.
Um abraço e um óptimo Domingo

Paula Calixto disse...

Rui, chuva pra refrescar é ótimo!!! Aqui anda quente pra caramba!!! (;

Flavinha, fogueira psíquica é pior que a de madeira! [risos] Mas o problema seria ter que queimar a maior parte da humanidade, né? No momento vivemos uma época de up da consciência. As pessoas não engolem qualquer coisa. Mesmo com a insistência desses programas de tv que vemos por aí. (;

Sophia, fui no seu blog umas 3 vezes e não consegui postar! Só dava erro!!! Não sei o que ocorreu. Mas vou lá mais tarde. Vem pra cá? Que máximo!!! Venha com kits-de-sol (filtro solar, chapéu ou boné, roupas leves etc) e se prepare pra tomar uns 10 banhos por dia, flor. Aqui tá um forno. Mas você vai Amar a cidade. A cor do mar tá linda!!! E não esqueça de assistir a um pôr-do-sol na lagoa Mundaú, mas com muito repelente! [risos] A paisagem daqui compensa tuuuuuuuuudo!!! (; Se quiser me envia e-mail, ok?

Elvira, seja sempre bem-vinda! Não, ninguém precisa concordar com o que escrevo. Opiniões divergentes sobre temas polêmicos estão previstas e discordar faz parte. Desde que seja com educação, tá valendo. Mas vejo que concordamos, né? (;

Um adendo: tanto quem acredita em Deus como quem não acredita merece respeito por seu ponto de vista. Crença é de fórum íntimo! E pra quem já leu a Bíblia umas 3 vezes, cresceu em meio cristão, como eu, usar a inteligência não é e nunca foi pecado!!! Questão de dicernimento. (;

Beijos a todos, lindezas.

ki-colado disse...

O interessante é que estava lendo o blog do Amaral e lembrei que o meu pai perto do fim de sua vida disse-me que havia conversado com Deus e Deus tinha lhe dito que "...não é dado ao homem conhecer os designios que regem a criação do universo."

Bom... o meu pai nunca foi de mentir, e por essa razão deduzo que Deus criou um plano que vai muito além da imaginação humana tanto para castigar quanto para premiar.Pois há gente boa e muita gente ruim passando pelo mundo que ao meu ver é um purgatório centro de triagem. O mistério: é para onde???

Cada um irá receber o que jamais a mente humana terá capacidade de acreditar que possa ter sido um dia criado por alguém.

De fato "ninguém" pode saber o que é...

É um grande "mistério" que os ruins de coração saberão quando tiverem noção da revelação que se fará em vreve ou não.

Rimou Paulinha?
[sorriso]

Drica disse...

acho q o legal da vida é tentar fazer o melhor dela, sem prejudicar ninguem, mas eu acredito q qd morremos voltamos, reencarnamos, sei lá.....e eu gostaria d vir um passaro, pra voar livre por ai, hehehe...mas falando sério o q eu acredito é q voltamos sim e q mtas coisas q acontecem são coisas q devemos superar, evoluir....
bjao e uma otima semana pra vc! :)

Diego disse...

A fé: o "diabo" é o mal existente dentro de cada um. Algumas atitudes são consideradas maldade por nós, mas não percebemos que talvez tenha sido uma maneira da pessoa se proteger.

A verdade: 1º questiono: o que é verdade? vivemos num mundo de interpretações de uma utópica verdade absoluta, cada um destorce um pouco e chegamos a uma "média" e esta é tratada como tal verdade, mas por mais próxima que seja da realidade ainda é distorcida!

relação verdade-fé: acredito em Deus, não nas igrejas e nas conveções humanas.

e também acho que somos [já, neste instante] energia pura!

=)

beijo

ps.: não pretendi questionar fé nem nada dessas coisas!

MAGRELA disse...

Ahh bom texto.. faz a gente pensar mesmo!
Eu sou totalmente confunsa qt ao "assunto" Deus. Mas sou da opinião de q cada um tem sua crença e todas elas te q ser respeitadas.

O filme é bom mesmo, eu já assisti.
e chuva... bom vem pra minas aqui anda chovendo quase todo dia!

Beijos

Diego disse...

presentinho pra vc lá no tri buenas =)

Paula Calixto disse...

Ki-colado, falar de Deus é sempre bom, ou, no mínimo, interessante, né? Eu acho! (:

Drica, já quase acreditei em reencarnação. Hoje, acredito de uma forma diferente (como está no texto). Mas acho muito instigante o assunto! (;

Diego, é por aí. Creio que a verdade que vale é aquela que leva o indivíduo a algo bom para consigo e para seus semelhantes. Bem como você colocou. Gratíssima pelo carinho e pelo Meme que eu já havia ganho da Mila! Muito obrigada mesmo!!! Gosto muito de você e da Drica!!! E gosto de todos que vêm aqui, lógico! (;

Magrela, cada um tem sua crença mesmo! E independente de crer em Deus, a pessoa que tiver uma conduta boa de vida, sem "strees" de ser por ter que ser perfeito, tá fazendo bem a si e aos outros.Todo mundo erra e acerta. E verdades absolutas é impossível. Questão de fé é muito pessoal, mesmo! (;

Beijos, lindezas.