Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Os que provém dos Imortais...





“Verás que a Natureza — o Céu há de mostrar-te —
É em tudo semelhante e a mesma em toda a parte.
Conhecendo-te a ti, senhor do teu direito,
Vibrarás sem paixão teu coração no peito.

Homem, verás que são frutos próprios do homem,
A mágoa que atormenta e os males que o consomem;
Porque a origem do prazer, a fonte da ventura
Que em si mesmo possui, além de si procura.

Bem poucos sabem ser felizes;
Compelidos pelos desejos maus, joguetes dos sentidos,
Como baixel em mar sem fim, por entre pegos,
Assim os homens vão desnorteados e cegos.

Deuses! Quisésseis Vós valer-lhes de onde estais!
Mas, não: Homem, teu ser provém dos Imortais.

[Versos Áureos de Pitágoras]
.
[Porque voar em si mesmo é preciso
para alçar vôos a outros horizontes]
.
Beijos

7 comentários:

Diego disse...

massa... me fez ficar estático... felicidade é formada até por aqui que dá errado!

Pitágoras... sou fã!

un dress disse...

saber ser feliZ.

part.ilhar.

a.prender...




:)beijO

ki-colado disse...

Um trambolim é sempre bem-vindo...

Welcome
in the metamorfose.

(smile)

Plugado disse...

Só vôa quem tem asas e vc tem duas enoooooooormes!rs

O mais incrivel é q todos temos e nem sempre voamos pelo tal medo de pular mesmo desejando isso!

Achp q vc e seus textos tão me fazendo viajar.hehehehe

Beijãozão

Anônimo disse...

"...a origem do prazer, a fonte da ventura
Que em si mesmo possui, além de si procura."

rEfLeX.ão!

Beijos

paulo vigu disse...

Chego agora. No vento nordeste. Em meu velho barco, venho colher umas frutas em seu pomar de maçãs. O seu mergulho no rio daqui se deu dias atrás. Não conseguia entrar antes, aqui. Hoje eu a vi nos escritos de Marla e vim saudá-la. Beijo em você. Belo Espaço. Riodaqui

Flavinha disse...

E que aprendizado difícil, esse de voar em si mesmo... difícil e recompensante, pois quando se é capaz disso, as limitações são insignificantes.

Beijos!