Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

segunda-feira, 30 de julho de 2007

A vida agradece!





.
.
.

A quem de si a ela enobrece!
.
.
.









Assim o espelho

fica mais nobre.












.
.
.

"Cada dia é o dia do julgamento, e nós, com nossos atos e nossas palavras, com nosso silêncio e nossa voz, vamos escrevendo continuamente o livro da vida. A luz veio ao mundo e cada um de nós deve decidir se quer caminhar na luz do altruísmo construtivo ou nas trevas do egoísmo. Portanto, a mais urgente pergunta a ser feita nesta vida é: 'O que fiz hoje pelos outros?'"

[Martin Luther King]

.
.
.

E se o caminho tá cinza, invente e dê cores a ele.
.
.
.


















Fazendo da artificialidade uma utilidade.
.
.
.

O que importa é que a natureza interior seja de verdade!


















E a cor natural junto ao perfume farão a diferença na realidade.
.
.
.

Porquê a vida agradece a quem a ela de si enobrece!!!
.
.
.

Beijos

5 comentários:

Paulo Sempre disse...

A vida....essa estranha «loucura»...
Nem sempre o arco-íres tem todas as cores da fantasia mas, ainda assim, algumas cores deve ter...
Beijo
Paulo

Anônimo disse...

vou tenta r da cores ao meu caminho cinza e receber um poco da sua enregia. bjo!

ki-colado disse...

Naturalidade, originalidade, criatividade, sempre fizeram parte dos poetas, pintores e outros sensitivos.

A história do Anel Solitário minha cara Paula Calixto, vai um pouquinho mais além do que descrevi no metamorfose: É o seguinte... A tradição manda que um homem solteiro peça a moça em noivado oferecendo um anel solitário igualando-se em sentido figurado ao anel. Se a noiva aceita, aceita o "homem solitário". Se no decorrer do trajeto a "moça" desistir do noivado, deverá devolver o anel para o noivo.

ki-colado disse...

Ia esquecendo: Uma tia tanto quis ganhar um anel de brilhante solitário de alguum noivo que no fim da vida, depois de nunca ter ganho um, vendeu o seu próprio apartamento e o comprou...

Portanto... tem que valer a pena...né? rs

un dress disse...

pintar. colorir a vida...


rir. sempre. mesmo a chorar...:)



beijO.paula