Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

quarta-feira, 25 de abril de 2007

"Pensar com as emoções; sentir com os pensamentos."

O que é a vida senão um entrelaçar de paradoxos?
Enquanto há na alma um alimentar de paixões e desejos, há na psiquê um restringir de emoções.
Talvez o ideal fosse o puro equilíbrio entre querer e poder.
Porém, o ponto de equilíbrio é sempre o do meio.
Não o meio de estar na inércia e, entre a cruz e a espada, optar pela covardia em abster-se de opinar.
O meio de se permitir o possível é encaixar o ideal no real tornando-o possibilidade, mas com nova roupagem, com novo brilho, com pureza de coragem.
Deixar-se, permitir-se, abraçar-se.
Ponderação, precaução, interlocução.
Interior - exterior.
Vivenciar com sensatez de emoção.
Viver, mergulhar.
Centar-se descentralizando o foco.
Olhar enxergando.
Ver a si alcançando auto-compreensão é vivenciar sem perder o outro de vista.
Equilíbrio: palavra chave que recorre ao risco.
Não havendo risco: não há-vida!
Ser feliz é um mar paradoxal.
E o mergulho é opcional.

[Paula Calixto]



"Salvo o que escapa a minhas forças, sou o resultado de minhas escolhas e a expectativa do ser que me resta ser"

2 comentários:

Andréa disse...

Não resisti. Vou comentar tb.rs
Vc sempre teve talento com as palavras. Lembro disso desde da época de faculdade. Fico muito contente em ter um espaço onde possa ler vc. Adorei!!!!!! Vou copiar, mas sem plagiar.rs

Xero no coração.

Anônimo disse...

disso q a humanidade precisa.