Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Na-morar. Na-morando. Moraes. Moras.

______________***____________


Amor

Vamos brincar, amor? vamos jogar peteca
Vamos atrapalhar os outros, amor, vamos sair correndo
Vamos subir no elevador, vamos sofrer calmamente e sem precipitação?
Vamos sofrer, amor? males da alma, perigos
Dores de má fama íntimas como as chagas de Cristo
Vamos, amor? vamos tomar porre de absinto
Vamos tomar porre de coisa bem esquisita, vamos
Fingir que hoje é domingo, vamos ver
O afogado na praia, vamos correr atrás do batalhão?
Vamos, amor, tomar thé na Cavé com madame de Sevignée
Vamos roubar laranja, falar nome, vamos inventar
Vamos criar beijo novo, carinho novo, vamos visitar N. S. do Parto?
Vamos, amor? vamos nos persuadir imensamente dos acontecimentos
Vamos fazer neném dormir, botar ele no urinol
Vamos, amor?
Porque excessivamente grave é a Vida.



[ Vinícius de Moraes in: Poesia completa e prosa: "Poesias coligidas"]


Ao tom do Tom-Sinatra:






___________***__________

Diga se esses três não dispensam qualquer [in]conseqüência do decifrar o Amor.
*
*
*
*
*
[Imagem by "pai"Google.
Vídeo by "tio"Youtube.
Poesia citada: vide/clique em link da fonte.]
*
*
*
Beijos na-morados em completude.

14 comentários:

Paula Calixto disse...

"Funda-mental é mesmo o Amor."

(;

_____________________

Beijos nim tudo.

Mila disse...

Esse devem realmente ter sabido o que é amar...
Beijos Mila

Mário Margaride disse...

O amor, é a mola impulsionadora do equilibrio emocional, e não só...

Que seria de nós sem o amor!

Uma boa semana

Beijinhos...

Mário

Madalena Barranco disse...

Dona maçãzinha,

Amar é... (lembra-se daquelas figurinhas?) Amar é (e vinha cada coisa linda escrita). Amar é a liberdade para entender o sentido de tal palavra (segundo a Bruxauva).

Beijos mil e obrigada pelo lindo comentário no Flor de Morango

Tom disse...

Ah, eu quero aprender a brincar de viver, também... nhaaa...

Beijos!

Ana Pallito disse...

Fuiiiiii!!!!!!!!!!!!!

Ana Pallito disse...

Fuiiiiii!!!!!!!!!!!!!

Diego Gonçalves Amaral disse...

bah, Vinícius de Moraes é uma gênio e eu chovi no molhado...

o amor deve amar, "Porque excessivamente grave é a Vida."

é de pensar, é de doer, é de amar!

bj

ki-colado disse...

O amor em si é muito lindo cantado em verso e prosa, mas de nada vale sem um projeto de vida. Ficaria bom para espetáculos de teatro, cinema, novelas de televisão, e outros meios de curta duração. Na vida real, infelizmente não fazemos amor em tempo integral, para que o outro lado não apareça em cena, onde os atores precisam dar o melhor de si, sempre ao vivo, e sem nenhum ensaio.

Legal? (rsrs)

Drica Menezes disse...

o amor nos move, os amores em suas diversas formas nos fazem caminhar, nos impulsionam.....bjao pra vc!

CRIS disse...

Já não sei mais falar de amor, Paulinha...Esse sentir deve estar misturado aos outros sentires: carência, solidão, por exemplo.. Aí acontece um não sei oquê com não sei quem, e fica com cara de amor!. Nossa! Isso foi uma golfada...rsrsrsr

Beijo, lindíssima.

elvira carvalho disse...

Depois da cirurgia, estou regressando aos poucos.
Um abraço e bom fim de semana.

Tentativas Poemáticas disse...

Esta é a noite de Halloween.
Divirta-se!
Cada vez mais bonito o seu blogue.
Beijinhos
António

O Profeta disse...

A Lua sangra no celeste
Aprisionada está a razão
Olhos sem a virtude da luz
Uma fria pedra no coração

Um banco de jardim
É leito do rei da sarjeta
Almofada de encardido cartão
Acomoda esta carcaça inquieta


Boa semana


Mágico beijo