Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

domingo, 10 de agosto de 2008

Gentileza gera gentileza.

Mas eu não preciso da sua para ser gentil. Ninguém deveria precisar da atitude e maneira de ser do outro pra ser do jeito que se quer, que se sentir bem. Eu estava refletindo nisso esta semana, quando fui com meu namorado comprar o presente dele.

Estávamos semana passada decidindo como ia ser quinta-feira (07/08/08) e tal, quando eu perguntei na lata o que, dentre algumas coisas, ele se agradaria mais de ganhar. Antes que ele fizesse mais carinha de "sem-jeito", eu expliquei que ia dar mesmo que ele não me dissesse, mas que seria um prazer redobrado meu e dele se fosse algo que, realmente, ele tivesse a fim de ganhar, desde que dentro do meu bolso, claro! [risos] Ele falou o que queria e combinamos de ir, porque roupa tem que ter prova e o gosto da pessoa também, na minha opinião (e na dele).

Ele A-M-O-U a bermuda!!![risos] Parecia um moleque-cheio-de-gabo do alto dos seus tritinha falando do mimo. Tão fofo! (((: Não é o máximo quando um homem deixa soltar seu jeito de menino?! Todo homem é um menino-grande, assim como não existem adultos de um modo geral, como afirma Freud. Concordo. Ser adulto é uma ilusão. No máximo, somos harmoniosos.

Na volta da loja, tava comentando sobre o brinco de prata (lindo!) que havia dito, há um mês mais ou menos, que ia comprar de qualquer jeito, quando tivesse uma brecha na agenda. Lembrei que era ali perto e chamei pra dar uma passada na loja comigo, pra aproveitar a ida ao centro, já que não tenho tido muito tempo. Ele deu uma enrolada mas... Sou difícil de enrolar. [risos] Aí, ele falou que isso ele ia me dar no meu níver, que é próximo dia 09/09. Eu: "-Tá, né?". [risos]

Isso tudo me fez refletir sobre quantas vezes a gente espera que o outro fale conosco pra demonstrar um gesto de carinho. Quantas vezes a gente deixa de ir num blogue amigo por não ter recebido a visita do mesmo. Quantas vezes a gente deixa de dar um beijo em alguém enquanto não recebermos um primeiro. Como se carinho, afeto, a troca necessitasse de predicados pra existir de dentro pra fora da gente!

Às vezes, a gente precisa reavaliar nossas prioridades egóicas pra não [com]fundilas com narcísicas! (;

E pra descontrair a reflexão, fica esta animação exemplar:




____________________***_____________________

Beijos espontâneos.

8 comentários:

Paula Calixto disse...

Beijos nim tudo. E... Não estou de férias! [risos] Estou com mais um emprego e o tempo quase todo tomado. Mas, logo me acostumo e o ritmo volta ao usual.

(;

Frodo disse...

Oi, Paulinha! Bom que vc está vivendo um tempo feliz, desses que deixam saudades. Também tive dias bons, espero que papai do céu faça permanecer assim...
Beijos e uma ótima semana!

Ricardo Rayol disse...

me permita a irresistibilidade da coisa mas essa passagem aqui é cheia de duplo sentido:

Antes que ele fizesse mais carinha de "sem-jeito", eu expliquei que ia dar mesmo que ele não me dissesse, mas que seria um prazer redobrado meu e dele se fosse algo que, realmente, ele tivesse a fim de ganhar, desde que dentro do meu bolso...

risos

Luiz disse...

Oi Paulinha, o prazer está em mais lugares do que pensa nossa vã filosofia, né ? Muito sucesso para voces, com todos os prazeres que as palavras também podem proporcionar ! beijo

*minhas ferias são em novembro e não setembro como eu havia dito. Estão longe ainda.

Paula Calixto disse...

Obrigada a todos pelo carinho de sempre! (((:

E... Rayol... kkkkkkkkkk... Não deixa só de ter duplo sentido, e sim SENTIDO! [risos]

Beijocas.

Paula Calixto disse...

P.S.: Ah! Claro, ele AMOU tuuuuuudo que dei! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Beijos mais. [risos]

(;

elvira carvalho disse...

Seria muita ingratidão que não amasse, não é mesmo?
Um abraço e seja feliz

Mila disse...

Paula querida!!!!
os ventos estão muito bons por aqui hein????
Logo vou tomar uns ares parecidos com os teus... este mais próximos do equador... hehehehehe... quem sabe ejam balsâmicos e inspiradores???
Beijos Mila