Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Inacessível... para quem se deve ser!




















"Como qualquer uma estaria

Estou lisonjeada com sua fascinação por mim
Como qualquer mulher de sangue quente

Eu sempre quis um objeto para desejar

Mas você, você não é permitido
Você é inacessível
Um infeliz deslize

Deve ser estranhamente excitante
Assistir o inabalável sofrendo
Deve ser meio difícil dizer
Assistir o pastor precisar de ensinamento

Mas você, você não é permitido
Você é inacessível
Um infeliz deslize

Como um território não mapeado
Eu devo parecer muito intrigante
Você fala do meu amor como
Se já tivesse experimentado amor como o meu antes

Mas isso não é permitido
Você é inacessível
Um infeliz deslize

Não acho que você seja indigno
Preciso de um tempo para pensar."

[Uninvited (tradução) - Alanis Morissette]
*
*
*
Porque é a respostinha que eu dou a quem de direito.

Eu
Sou
Para
Certos
Homens
Como Toda Mulher

Maçã Do Topo

Inacessível

Sim!!!

Tudo que eu queria falar!

_____________________________

E, se você quiser, dê um pause (ou espere acabar) na música incidental do blogue e
um play aqui:




M-U-S-I-C-A-S-S-O!!!

Você pode até não ser fã de dance music, mas duvideodó que este som não lhe dê um up!

Por quê?!




Porque a vida só Ama

quem Ama

Estar nela!!!

(;


Hoje, sempre, agora...
Tranformar-se!!!
*
*
*
[Imagens by "pai"Google.]
Beijos.

16 comentários:

Paula Calixto disse...

"Amar é dar o que não se tem."
[Jaques Lacan]

Estou bem, MUITO bem!!!

___________________

Beijos nim tudo.

tita coelho disse...

Oi Lindona,
é isso aí...deixar transformar... ser o que se é e se valorizar!! Uau gostei do astral!
P.S. Me perdoa pela falha do bolinho? Mas do nome não esqueci não...e nem de ti né linda!
Paula troquei os feed´s do bobagem e palavrão, não sei se tu havia assinado, mas troquei!!
beijocas

Sig Mundi disse...

Transformar-se em algo inacessível, é deixar o outro com mais vontade! Tomara que o deslize não apareça! rs

bjs

Paula Calixto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MUTUMUTUM disse...

Mto chique essa brincadeira com as palavras... belo texto! Depois q se conhece um amorzão de verdade, passa-se a ser acessível a, apenas, UMA pessoa :) Por isso, hj tbm sou inacessível o/

Beijão :)

Paula Calixto disse...

Tita, alto astral é tudo!!! Embora, a gente precise mergulhar (não a fundo) nas nossas "fossas". [risos] E... Nem sei o que raios é esses tais de "feed's", lindeza!!!kkkkkkkkkkkkkk...

Andreaaaaaaa, você é analista é, meu bem?! [risos] Porra! sacada boa do caralho!!! kkkkkkkkkkk... Eu sou má: cuspo fora o veneno que me dão, mas antes dou uma mastigada pra fazer estrago e NÃO MORRO, mas mato!!! kkkkkkkkkkk... (;

Mutumutum, com certeza!!! Mas eu sou inacessível pra quem não me é inteiro desde SEMPRE! Paga pra ver quem quer. Quem avisa amigo é!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Beijos, lindezas.

Vanda disse...

Olá! Saudades...
Seremos nós e apenas estarmos para quem nos ama e amarmos sempre como se fosse a primeira vez!!!
Dançar ao som de uma música é um bom remédio de alma!
Beijinhos e uma boa semana

Regresso pelo facto de me sentir viva!

Tatá disse...

Robert Ardrey disse que enquanto buscamos o inacessível, tornamos impossível o realizável.
Incrível esse seu jogo de palavras, me encanto sempre.

Beijos, linda!!!

Mila disse...

Paulinha coisa mais linda e complexa....
Este texto dis mais do que vc imagina... e certamente vc me diria o mesmo... hehehehe...com vc é sempre assim... não existe raso... apenas profundo!!!!!!
Beijos Mila

Paula Calixto disse...

Vanda, estamos VIVOS enquanto o sopro durar! Por isso, é imprescindível aproveitar. (; E seu perfil não está disponível. ):

Tatá, espero que certos homens parem de buscar o que não podem ter e, assim comunguem com a possibilidade!

Mila, você é sempre assim: vê o que há de melhor nos outros. E os outros são espelhos, viu? (;

Beijos, lindezas. Feliz sempre com vocês por aqui! (((:

ki-colado disse...

E quem não tem uma redoma Paulinha?
A minha andei limpando recentemente.

Talvez, algum dia deixar-me-ei pegar depois de ver primeiro a mão de veludo. (rsrs)

Thousand kisses for you Paulinha.

Diego disse...

vixe... tantas idéias acerca do "mito" amor que nem sei o que te responder ... o amor próprio é a faca e o queijo, sem ele nenhum outro tipo é permitido, e cada um tem seus direitos de escolha e de exclusão ...basta aprender a lidar com eles.

quanto a pesquisa do tri buenas, posso dizer pra ti que massa -pra mim- era apenas quantidade constante de matéria, depois descobri que massa dependendo do movimento [momento cinético] pode variar... e por fim vi que massa é energia [mas nesses estudos não me aprofundei]

beijo

Sig Mundi disse...

Você é bárbara! Mulher!
Má, veneno, sem MORTE! Eu já aprendi essa lição rsrsrs e colocar em prática é mais delicioso ainda!

bjs, andrea

elvira carvalho disse...

Paulinha, alto astral, é exactamente aquilo que nós precisamos para sermos felizes.
Gostei do texto, gostei da música.
Um abraço e bom fim de semana

Elenita disse...

Musicão, hein? Com essa frase no fim.... e com fotinha da Tori ainda por cima.... é, amiga....
Seis da manhã e o meu sábado começa DIREITO com a sua ajuda =))

Porque (n)a vida só ama quem ama estar nela... É. =)

Maria Flor disse...

Hum
Adorei a sinceridade com que tudo aqui parece ser escrito... mas como o próprio freud falou... "somos a negação de nós mesmos", mas eu gosto da face que você mostrou aqui.

beijocas!