Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

sábado, 16 de fevereiro de 2008

Ceder é sapiência!
















"- Você não pode fugir para sempre do amor só porque pode não dar certo. Isso não é jeito de viver! Você pode até ficar louca!!!"
*
*
*
Amor é infinitar!

Amém.
*
*
*
[Trecho aspeado colhido
do filme "Something's Gotta Give"
(Alguém Tem Que Ceder):
diálogo da personagem de Diane Keaton
com a filha, personagem de Amanda Peet.
Imagem by "pai"Google]
*
*
*
Beijos.

11 comentários:

Paula Calixto disse...

A gente vê as lições, mas só aprende vivendo!

(;

Beijos nim tudo.

Sig Mundi disse...

Só é preciso saber dosar o "ceder", mas somente aprendemos exercitando!

beijocas, andrea

tita coelho disse...

Paulinha,
essa filme é ótimo...E o que tu diz é a pura verdade!
beijos querida

Paulo R Diesel disse...

Como sabermos se não deu certo se não tentarmos.
Ceder.Alguém tem que ceder...

Um mundo novo aos corações corajosos! disse...

Huhuahuahauh!
"Novo Curso de Formação para Homens"! Adoreeeeeeeei o curso!
E a trilha sonora do teu blog.

[POR RAZÕES DE DIFICULDADE , COMPLEXIDADE E ENTENDIMENTO DOS TEMAS, OS CURSOS TERÃO NO MÁXIMO 3 ALUNOS]
Hhuahuahuahuahauhauha!

Sobre Torquato:
é um dos muitos que temos de melhor!

ki-colado disse...

Ainda estou "meio" perdido nas coisas, bem na fase do "assenta poeira". Mas, voltará tudo ao normal após tirar o pó das malas, quando retornar da cidade de Montes Claros(MG) no fim deste mês. Espero. rs

Cris disse...

Amei esse filme.
É verdade quanto ao fugir do amor com medo de não dar certo. As feridas que se abrem por conta do desamor são piores que o movimento de não dar certo e partir pra outra ( no caso, outro..rsrsr ).
Beijão, linda. Ótima semana

Rafael Velasquez disse...

ainda não vi esse filme.

Madalena Barranco disse...

Oh, dona maçãzinha, e aprender a ceder é tão difícil... E quando se aprende, o problema é ceder na medida exata do amor próprio. Beijinhos.

ki-colado disse...

Paulinha...

Obs: Estive pensando que a mulher no fundo sempre nasce para ceder. Quando não cede para um, termina cedendo para outro. É a sina de toda mulher nascer para ceder. E quanto mais a mulher cede, mais ela consequentemente ama. Beijos.

Thiago Kuerques disse...

Exatamente. O amor é o bicho do qual não pode-se fugir. Ele te pega e ele te come.
Beijos