Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

sábado, 12 de janeiro de 2008

[re]Construção




















Quando se compra uma casa antiga demais, ou já usada e ela não é bem-cuidada, a estrutura vai ficando comprometida. E por mais que o alicerce seja bom, há um momento em que todo o resto não aguenta mais devido aos descuidos, ou maus-tratos.

É preciso tomar uma decisão entre duas: continuar numa casa arriscando o teto cair na cabeça e nem dar tempo de sobreviver ou [re]construir.

Às vezes, o valor de uma reforma não vai resolver o problema e não compensa o trabalho, tem que demolir tudo e reerguer.

É doloroso se desfazer de algo que há tanto tempo já havia se acostumado! Mas, o mal que se fará em permanecer sob um teto em ruinas e arriscar a vida é infinitamente maior!!!

Não quero que um dilúvio venha e me enterre em escombros!!!

Mas como é difícil a fase de demolição! Parece uma morte!!! E é, de verdade.
*
*
*
Mas já tô planejando o jardim e as outras partes da casa. Tudo do jeito que eu quero e preciso. Isso é o que importa!
*
*
*
[Imagem by "pai"Google]
*
*
*
Beijos e não estranhem a ausência. Fase de [re]construção é assim mesmo. (;

16 comentários:

Paula Calixto disse...

Até O Arquiteto do universo fez e faz suas demolições e suas re-construções!!!

Eu sigo o melhor exemplo. (;

Beijos nin tudo.

un dress disse...

que TUDO se te reconstrua !!







abraÇo.beijO.estrelaS :)

ki-colado disse...

Essa história de análises parece que dá mesmo bons resultados...

É como a "paixão" quando se vê os verdadeiros porques a gente caí no ridiculo. rsrs

Madalena Barranco disse...

Olá Paula, puxa, você me "mostrou" o arcano XVI do Tarô: a Torre. Sem demolir e reduzir a pó e cascalho o que não serve e somente lhe traz problemas, não é possível limpar o terreno para erguer uma casa nova... Beijos da moranguinha.

Mila disse...

Da pra fazer auto-demolição, auto-implosão ou uma baita auto-explosão??????
Será que sobra algo pra contar história... ou história é o que não quer se contar... ai ai ai...
Beijos Mila

paula barros disse...

Boa sorte na sua (re)construção.
Enquanto isto tento me (re)construir, sem precisar me demolir.
beijos

Erika disse...

:) reconstrói e me chama pro churrasco :)))))

Beijossss kirida

"Oncotô? (Erika)"

Paula Calixto disse...

un-dress, Amém! (;
(:

ki-colado, o que é a paixão aos pés do Amor, não é mesmo?! (;

Madalena, isso mesmo! Tu é uma psicanalista nata, moranguinha! [risos] (;

Mila, se nelas você não se auto-destruir, não só dá como é PRECISO, às vezes. (; E a história é contada nas entrelinhas, mas sempre é! [risos] (:

Paula, vou fazer das palavras da Madá as minhas: "Sem demolir e reduzir a pó e cascalho o que não serve e somente lhe traz problemas, não é possível limpar o terreno para erguer uma casa nova..." (;

Erika, um churras bloguístico é uma boa pedida! [risos] Sinta-se convidadíssima!!! (:

Beijos, lindezas.

Diego disse...

construir novamente também é um risco... entenda-se isso como uma nova interpretação de um mesmo momento...

que boas novas façam a reconstrução bela e feliz... conte com o amigo aqui

bj e apareça!

Carmim disse...

E o que é a vida além de uma sucessão louca de construções, desabamentos e (re)construções?
Desapegarmo-nos dos lugares que fazem parte de nós custa, mas custa muito mais se somos soterrados por eles.

Beijo.

(Girassol)

Paula Calixto disse...

Diego, entendo o foco da ótica. risos... Mas, nesse caso, os riscos de derrubar a "casa do sintoma" eu prefiro correr com todo gosto!
kkkkkkkkkkkkkk...

Ando meio metafórica ultimamente. risos... E curtindo as férias!

Logo, logo re-apareço. (;

Beijos, querido.

elvira carvalho disse...

Mais fácil e rápido reconstruir um castelo do que os nossos sentimentos e a nossa alma.
Tudo de bom amiga...
Um abraço

Whispers in night disse...

Olá linda!
Seria sempre muito mais agradável manter a casa em pé, e ir cuidando dela para que o tempo não a fosse desgastando....
Infelizmente, tudo na vida e assim, deixamos as marcas do tempo tomar conta, e quando vamos olhar, ate muitas vezes já e tarde para reconstruir a mesma casa, relação ou vida.
Te deixo o beijo grande e adorei teu texto
Rachel

Marcus Vinicius disse...

Sei bem o que é reconstrução... aproveite a oportunidade e refaça tudo a seu gosto... da melhor forma possível!


bjs

tita coelho disse...

Tudo se reconstrói...mas é difícil mesmo demolir uma casa, por mais que ela seja velha! Gosto de jardins...
beijos bom final de semana :)

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Passei por aqui, para desejar-te um excelente fim de semana, um dar-te um grande beijinho!