Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

A coisa INteira

Tem dias que abstraio o juízo e me refugio em coisas fugidias. A acuidade da vida é dispensada, nesses dias. E eu me jogo feita de impulso onde a razão é quem sofre censura porque o sentido pra mim ta só no sentir. E só eu sei, ou penso que posso saber. Mas, tem dias, que O momento é meu e o mundo é possuído por mim e eu me fundo nele, com ele.

Esses dias são condensados. São traduzidos em estações. E elas me fazem um arder e um mistério interno, sempre iluminado. Refletindo luz ou sendo reflexo dela, eu me reverso em astros. E num milésimo de tempo eu sou O sempre, porque eterno é cada MEU momento.

E nos inter-valos eu chovo, eu floreio e eu seco. E sempre reverso!










Ser é inter-valor!

Um momento eterno é mesmo aquele que se voa e se volta ao chão flutuando!










Entre sol-risos... inteirar de Um nO Outro: espelhos e reflexos.

Bom, muito bom. Que O bom vira palavra ínfima pra descrever O tudo!(;

Ignorar pra desvelar outra atmosfera.

Transmutar...

Ausente virando inverso: presente.

*

*

*

[Imagens by "paiGoogle"]

*

*

*

Beijos do longe-perto.

10 comentários:

Paula Calixto disse...

"Eu sou EU em meus delírios."
[J. Lacan]

EterniDar...

Beijos nim tudo.

Diego disse...

apaziguar a alma é transpor a barreira do auto conhecimento, ilimitar o ego e ensolarar e chover, é ser imprevisível como o tempo e seus instantes e por meio dele nos transformarmos em nós mesmos!

beijo, obrigado pelas palavras =)

paula barros disse...

Estou chegando atrasada nos blogs, madrugada a dentro.
Você fala e me identifco. Estou um pouco muito assim.
beijos

un dress disse...

também eu: delírios ilusões, não importa!

desde que puxe pra cima

rumo à descoberta!!





beijO.paula ~

Paula Calixto disse...

Diego, veia de psicólogo em físico? Hum! que legal! (:

Paula, xará, "estou um pouco muito assim"... bem-vinda ao clube! [risos]

un-dress, o descobertar é válido, seja em delírios ou em racionalizações, né mesmo? (; Só que os delírios são mais enfáticos e eficientes, eu percebo. [risos]

Beijos, lindezas.

Madalena Barranco disse...

Paula, menina das letras de casca vermelha e polpa dourada e doce, assim como as maçãs! Desta vez você mostrou que também é etérea, sem deixar de fazer parte da festa da natureza. Foi assim que me senti ao ler seu post > parte da terra, fogo, água e ar. Obrigada! Beijos e me desculpe, porque às vezes eu somente consigo ler seu lindo blog aos finais de semana.

Jasmim disse...

Visitei tua cidade. fiz duas palestras aí, uma sobre alterações climáticas e outra sobre erosão costeira. regressei ao frio do meu país...

Sig Mundi disse...

Olá!
Ultimamente estou em pura emoção.
A razão, deixei de férias por uns tempos. Ela voltará. Quando? Não sei.

bjs mil, andrea

Paula Calixto disse...

Madá, moranguinha, nem se preocupe com as voltinhas aqui. Eu mesma ando em dívida com as lindezas por força maior. Mas breve voltarei. (;

Jasmim, pois é... nem te vi, né? E aí, gostou da cidadezinha? (:

Andrea,razão precisa de férias tanto quanto emoção. O velho e bom PAUSAR. (;

Beijos, lindezas. Perdoem a ausência. Tá uma loucura de tempo por essas bandas. Até eu tô sentindo falta de blogar! Mas volto logo e atualizo minhas prazeirosas visitas. (;

Diego disse...

minha pretenção é arrumar uma aplicação psicolófica para a física... depois a gente vê o que dá!

bj