Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

"O respeito de um por um fará a Paz prevalecer"

Seguindo a linha do By Osc@ar Luiz

Falo de paz, hoje:



















Primeiro a indagação básica:

- Por que é tão difícil a promoção da paz no mundo?!

Eu poderia dissertar sobre vários aspectos, mas vou ser sucinta. Vou passar a bola para alguém que disse TUDO de modo bem direto:

"Só através da influência de indivíduos que possam fornecer um exemplo e a quem reconheçam como líderes, as massas podem ser induzidas a efetuar o trabalho e a suportar as renúncias de que a existência depende. Tudo correrá bem se esses líderes forem pessoas com uma compreensão interna (insigth) superior das necessidades da vida, e que se tenham erguido à altura de dominar seus próprios desejos instintuais. Há, porém, o perigo de que, a fim de não perderem sua influência, possam ceder mais à massa do que esta a eles; por conseguinte, parece necessário que sejam independentes dela pela posse dos meios de poder à sua disposição. Expressando-me de modo sucinto, existem duas características humanas muito difundidas, responsáveis pelo fato de os regulamentos da civilização só poderem ser mantidos através de certo grau de coerção, a saber, que os homens não são espontaneamente amantes do trabalho e que os argumentos não têm valia alguma contra suas paixões. Conheço as objeções que serão levantadas contra essas afirmações."

[FREUD, Sigmund. O Futuro de Uma Ilusão, O Mal Estar na Civilização e outros trabalhos. Vol. XXI (1927-1931), Obras Completas de Sigmund Freud. Imago Editora LTDA]

*

A citação do pensamento conclusivo de Freud pode parecer uma argumentação pessimista. No entanto, quando se enxerga a real face da "natureza" humana, não há outro viés.

Apesar disso, contudo, os seres humanos têm a "mola-alavancadora" de buscar mudanças. E essa capacidade, Freud em absoluto, despreza. Ele apenas, retrata o que, no fundo, não deixará de existir no cerne da "alma" humana.

No entanto, a realidade sempre muda e mudará. Por conta dessa capacidade intrínseca ao ser humano, de um modo geral, em construir ideais. E, a partir destes, mudar o real para o que é possível. Mas sempre haverá os que nunca mudarão. E a luta nunca será finda. Pelo menos, é também como penso.

Um mundo paradoxal: eis a nossa Lida!!! E é preciso abraçá-la da melhor forma possível.

Assim, a partir da conquista do respeito próprio, será possível desenvolver o respeito ao próximo. Pois, eis a máxima colocada bem antes: "amai ao próximo como a ti mesmo". Não sendo então, possível amar o outro se não houver em primícia Amor-próprio!

Comecemos assim, então: plantando o Amor em nós mesmos e o colhendo no(s) outro(s). Ou seja, de SI começa a propagação do respeito que conduz a um estado mais adequado de PAZ!

Não é fácil. Mas, não é impossível!!!

Por fim...

"Quando a solução é simples: a resposta é Deus."
[Frase atribuída a Eisntein]

*
*
*
E como muito bem diz Marla de Queiroz, do transFLORmar-la... é tão boa a Vida quando:

"Há-mar, há-braços e sol-risos" e assim podermos dizer de nós mesmos "eu não rio, eu gargalho rios".
*
*
*
Um grande beijo alçado de Paz!!!

12 comentários:

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Por falta de tempo. Venho somente deixar um beijinho e uma boa noite

Virei mais tarde comentar como merece, este post.

ki-colado disse...

Sinceramente,
Paulinha Calixto,

Desde que mundo é mundo todo homem deseja ser um rei, todo rei deseja ser um DEUS. enquanto DEUS deseja apenas ser um HOMEM.

"FALTA-NOS PENSAMENTO ÚNICO"

UNIPOTÊNCIA

É uma palavra bonita... né? [risos]


Vi na postagem anterior o quanto gente ficou feliz com a vantagem do capitão Nascimento. [risos]

Não tô aqui prá censurar não. Tá?
Acredita?

Sim
sim
sim

A verdade é que o brasileiro é o povo conhecido internacionalmente como o do "JEITINHO". O povo do jeitinho. Dá-se um jeito a tudo!

Mas, porque tem que ser assim...?

Falha de percurso...

É como na SUDAN/SUDENE que tudo é pelo bem, só que o dinheiro nunca chega. Falha de percurso Paulinha.

Onde é que eu tava mesmo...?

Caramba perdi o fio da meada!!!

Pronto!!! Já achei!!! É sempre a mesma coisa do sistema de governo!!




abaixo O gOVeRno!!!



ps. Antigamente eu tinha vergonha de chegar para uma autoridade com sentimento de culpa. Hoje, eu sou mais sensato perguntando: Sei que estou errado reconhecendo a minha culpa. O que é que pode ser feito?E sempre haverá um pixulé em fuga.

E por falar em corrupção Paulinha, ouvi dizer que mataram todos os pombos do Palácio da Alvorada lá em Brasilia, porque eles estavam alertando o tempo todo: Corrupto! Corrupto! Corropto! Corro.. Cos.. Cos. Psiu!!! Psiu!!! Psiu!!!(rs).

Paula Calixto disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk... Rindo litros com essa dos pombos, Ki-colado!!! [risos]

No entanto, eu não vejo o Brasil como TÃO diferente do resto do mundo! Vejo o Brasil como PARTE do mundo. Mas uma parte que tenho mais familiaridade. [;)]

Nos States, a "Busha" é só mais UMA!

Nas bandas do outro lado, o "Ladrem" é só MAIS latido!

Em nada há perfeição e, realisticamente, jamais será!

Mas que há potencial de melhorar... isso há!

Mas perfeição?! NUNCA!

E, a essa altura do campeonato, mesmo não me contentando com migalhas, um grão do que se joga aos pombos já fará diferença, para mim! Sou uma pessimistas-otimista! [risos] Ou uma ótima-pessimista, para não ser uma psicanalista-subversiva mais do que já sou! kkkkkkkkkk...

Brincadeiras a parte... sincronia na meta-paz.

E cada UM faça sua parte!

Beijos e... Mário, só o seu beijinho já tá valendo. Fique a vontade, meu lindo! Eu entendo. [;)] Beijos mais!

ki-colado disse...

De fato Paulinha Calixto, o Brasil não é um país diferente de muitos outros que existem pelo mundo.

Corrupção existe em toda parte, desde que o "sistema" foi montado. E sistema perfeito não existe além do que foi montado pelo criador e que já andou sendo burlado em alguns aspectos.

Entretanto, o Brasil, é um país jovem, baby, ainda "meio" virgem, que só tem de história quinhentos anos. Acredito e tenho fé em Deus, que o futuro presponta maravilhas. Mas, no contexto mundial, o mundo está se transformando aos poucos, numa enorme bola de lixo, poluindo as mentes dos terráquios. E assim, mudarei para perto do seu paraíso, pois felicidade não se pode deixar para amanhã... É ou não é? [risos]



Obs. Paulinha: para ser "MARAJÁ" é necessário fazer um curso? As inscrições estão abertas? Tem como fazer o curso por correspondência? Tem desconto prá quem tem formação superior em mecânica ou psicologia? [smile]

Paula Calixto disse...

Ai... ai... [risos]

Nem que tivesse curso gratuito de "MARAJÁ" eu faria!!! Não tenho feeling pra corrupção!

Vai ver é por isso que estou tentando passar em concurso. [;)]

Antes pobre que morrer e matar quem me AMA de vergonha!!!

Madalena Barranco disse...

Querida Paula, estou aqui em "sol-risos" (adorei isso) concordando com você! Tudo que fazemos conosco reflete no mundo. Sempre que nos magoamos acabamos atraindo situações bem parecidas... Beijos.

Rafael Velasquez disse...

Apenas de crer que as coisas necessitem mudar. Eu não vejo no Homem a "mola". é lógico que exite homens e homens. Mas antes de ser homem são civilizações, povos e culturas. Adicine a isso a EDUCAÇÃO.

Tudo isso vai dar o homem capaz de ser o que o nietzsche chama de "além-do-homem".


Beijo Paula

Rafael Velasquez disse...

ué. o que escrevi não entrou?

Paula Calixto disse...

Calma, Rafa! É que a moderação dos comentários está ativada há algum tempo e eu não estou online 24:00h por dia. [risos]

Dentre outras coisas, é também pra evitar equívocos que os comentários podem gerar na imaginação das pessoas. O que ocorre, de vez em quando. [risos] Como por exemplo, desvirtuarem o conteúdo de uma publicação e enveredá-la nos comentários para área política ao ponto de insinuarem que eu me candidate! kkkkkkkkkkkk...

Menos gente! [risos] Não foi com você, Rafael. Mas tem gente que viaja mesmo! [risos]

Não tenho a menor intenção e nem a iniciativa de me envolver em política ou debates políticos. Essa não é a proposta do meu blogue. Mas já percebi que minhas publicações mexem com as pessoas.

O meu blogue é pessoal. Que fique claro a quem aqui vier, gente. Falo sobre vários assuntos, mas sem enveredar para um viés explicitamente político ou de manifestação explícita deste ponto!

Realmente, eu tendo a ver o mundo como um todo e não em partições (partes). E não sou a rainha da perfeição e nem exemplo desta. Apenas levo minha vida do modo mais correto possível a fim de não me prejudicar nas minhas conquistas, digamos assim. Acho que é por aí o caminho.

Então, JAMAIS, criticarei qualquer lugar do Brasil por este ou aquele motivo especificamente. Caso tenha que criticar... criticarei o Brasil como um todo e, conseqüentemente, o mundo! É só percorrer um pouquinho o universo dos blogues para ver que em outros cantos do mundo pobre é pobre e rico é rico, dentre outras coisas. [;)]

Beijos e não se preocupem pela eventual demora na atualização dos comentários (questão de tempo, mesmo).

Girassol disse...

É uma frase bastante conhecida, mas como concordo com ela, cá vai:
"Não existe um caminho para a paz; a paz é o caminho."
Como disseste, não é fácil, mas não é impossível e é nisso que temos que manter a nossa esperança.

Bom fim de semana.
Beijos.

Rui Caetano disse...

Mas que blogue interessante, adorei. Hei-de voltar. Parabéns.

Osc@r Luiz disse...

Ai que responsabilidade,"dar uma linha" pra Paula Calixto, seguir... (rsrsrsrs).
Sabe o que eu acho, amiga querida?
Acho que a paz vem de dentro de nós, mas que as prioridades do mundo globalizado, com recursos cada vez mais escassos e com a lei da sobrevivência voltando a acontecer, faz com que as pessoas não tenham esse momento de reflexão, e o egoísmo da sua própria sobrevicência é a "bola da vez". Os preceitos de colaboração, solidariedade, e tal, são cada vez mais escassos ou estão dando lugar a um maquiavélico plano de interesses pessoais, onde a colaboração entre pessoas depende de um "retorno útil" a elas. Um resultado que traga algum benefício.
Por outro lado, se perdermos as esperanças e pararmos de sonhar, quem irá mover o mundo?
Beijos querida, boa semana pra você e obrigado pela referência.