Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

O EU Meta-forizado




O outro nos dá o feedback de nós-mesmos.

Mas ele jamais substituirá o nós-mesmos!

Tudo vem do dentro e volta para o dentro.

Sem narcisimo patológico.

Sem egocentrismo exagerado.

Apenas, questão de i-lógica!

Complemento
[palavra-chave nas relações]

Meta-poetando:......

"A metáfora é a hélice da imaginação,
imagens são helicópteros que pensam na vertical,
perfuram a atmosfera e viram nave espacial"


.......Associação

...................................livre

...........livre


.....................Um
desvio
da norma


..........remodelando!!!



O

i
n
c
o
n
s
c
i
e
n
t
e


s
ó


e
x
i
s
t
e


n
o


Entre-2

.

[Texto de fragmentos de comentários meus.
Trecho entre aspas by Madalena Barranco,
do "Letras de Morango",
Imagem by paiGoogle]

.

Beijos remodelados, sem norma e Meta-forizados feito o eu!

20 comentários:

Paula Calixto disse...

Verdades lidas não dão dor de ouvido!

Hein?! Hein?!

(;


Beijos nim tudo!

Lívia Russo disse...

Tão perfeitos seus ocmentários, querida!!
fico feliz que vá lá sempre ler...vou te linkar também pra poder vir sempre aqui!!
afinal de ocntas conterrâneas..temos que tirar proveito disso!!
sdgsayugduyagyuda
sim, e adoro a contrução das palavras que vc deu ao texto...
p
t
o
f
u
n
d
o
=D

agorak, me diga se tem coisa melhor do que perder a consciência entre dois corações?
AAAAAAHHH
NÃO TEM!!


:*
:*
:*
:*
:*

Whispers in night disse...

Ola Paula!
As verdades que sao para uns podem nao ser as verdades dos outros, isto e um mundo livre minha linda e cada gato com seu rato hihiihi
beijos mil
whispers

Anne disse...

Disse tudo...tudo vem de dentro mesmo, inclusive a forma como eu reajo às pessoas e elas a mim.

Tenho andado numa fase bem objetiva, tentando voltar para o dentro tudo o q eu tinha investido e projetado em planos que agora não fazem mais sentido.

O momento agora é o de trazer devolta tudo isso, reavaliar, reconstruir e, só aí, poder projetar os sonhos novamente!

Adoro os seus comentários...os "jogos mortais" no caso do meu post se referem aos jogos de sedução, que em alguns casos são extremamente mortais...(abaaafa...ahsuahsuhashu)

E tb pq eu sou exagerada sempre nos textos...especialmente nos que devem ser engraçados!

Bjokas, querida...adorei!

Paula Calixto disse...

Lívia, não não tem! Por isso, análise é show-de-bola! E não há auto-análise, nesse sentido. É uma relação amorosa a análise, com um Amor peculiar. Mas, todo inter-relacionar vem recheado disso. E quando há Amor dá certo! E esse "dar certo" tem relação direta com fazer bem a ambos! Se não faz... não perde-se o primor de Ser!!! (;

Whispers in night, mas tem verdades claras em seu texto, lindeza!!! (; Só que elas só se manifestam através da ótica de quem lê. E nisso sofrem metamorfose. (:

Anne, sinto falta quando você não vem! ): E Amo quando vem e te leio!!! (: Torço pela sua fase de "caos" - desarrumar pra arrumar. Nisso só através do caos-psicológico é possível. Não tem pra onde correr! E dá um trabalho! [risos] Mas é RE-COM-PEN-SA-DOR depois que tudo entra nos eixos!!! (;

Beijos mais.

E

Paula Calixto disse...

eu postei antes de acabar! kkkkkkkk... Dor de ouvido é Phoda! [risos]

Eu amei o seu texto sobre "Jogos Mortais [III]", Anne!!! Ôh, e como são mortais!!! [risos] (;

Já mandei beijos. [risos]

Diego disse...

narcisismo? metaf�ricamente a busca do que h� no interior...com muito egocentrismo sim! pois humanos s�o ego�stas!

Erika disse...

Eu sempre defendo que ninguém é metade de ninguém, e sim 1 multiplicando e somando por mais 1, inteiros.

Beijos

Paula Calixto disse...

Diego... Bom, narcisismo-patológico é uma das alavancas de personalidades psicopáticas. E muito diferente de Amor-próprio. Que, por sua vez, é diferente de egoísmo, também. (;

Érika, é por aí. (;

Beijos, amores.

Um mundo novo aos corações corajosos! disse...

Seus comentários são mesmo de quem vive no topo, ou no interior.
Bom ter por perto uma colega psicóloga!
Não apareço com mais freqüência porque estou fazendo uma monografia... está me tirando tempo e sossego... é sobre Psicologia e Literatura (sim, falarei de Freud: Gradiva de Jansen e o o devaneio...).
A propósito, sabes se Lacan fala algo de Literatura, obras literárias?
Obrigado pelo comentário... aquilo lá engrandece realmente meu blog,
Beijão!

Mila disse...

Paula....
Fico aqui pensando... como vc consegue escrever assim e com tanta frequencia??? Poesia concreta pura e pura terapia de choque... Impacto certo é ler o teus posts... e ficar pensando... pensando... vagando e divagando...
Beijos Mila

Paula Calixto disse...

Esquenta não com falta de tempo, Raimundo (acho que é esse seu nome, né?). (;

E, sim, Lacan embasa sua explanação sobre o fenômeno da transferência no capítulo "Um Banquete" do livro "Diálogos" -Platão. Mas, é preciso ler o capítulo inteiro porque transferência, no âmbito da Psicanálise, tem a ver com Amor. Vai uma dica: a partir da fala de Diotima e, depois, o diálogo com Alcebíades são o cerne da questão, digamos assim.

Aproveitando o ensejo, no arquivo do meu blog tem uma publicação de um trecho desse capítulo do livro de Platão, intitulada "Uma homenagem ao Amor (a lição de Diotima à Sócrates)", de 18/04/07. É só uma palhinha do que contém a obra. (;

Beijos, lindeza.

Um mundo novo aos corações corajosos! disse...

Paula, Paula, muuuuutio obrigado... meeesmo!
Vou tentar encontrar algo a esse respeito; pelo menos agora fica mais direcionado!
Valeuzão!
Vou já garimpar!
Beijo!

Osc@r Luiz disse...

Metforicamente, e ainda embasbacado, eu só posso deixar um monte de beijos subjetivos!

Diego disse...

=) se me permite, acho que em partes vc está coberta de razão! mas não é o meu papel entrar nesta discussão, admiro sua capacidade de elucidar seus pensamentos e indagar, vc é uma nova amiga muito tri! ... bjs

A bailarina, disse...

=)
como sempre, lindo.!
Beijos,

Paula Calixto disse...

Raimundo, qualquer coisa... (;

Mila, fui no médico e nem vi seu comentário pra ser aprovado! [risos] Tempo é ter que aguentar dor-de-ouvido! kkkkkkkk... Pense num negócio ruim! x: Eu Amo escrever! E tô numa fase ótima de trabalho, com agenda na medida e só num horário, no outro eu estudo. Aí... inspiração não falta. Sem falar que minha vida é uma inspiração só, incluindo a terapia e a abstinência tabajística! [risos]

Diego, TODA permissão! (; Pode discordar a vontis. E eu só esclareço o significado dos termos mesmo. (;

Osc@r, beijos na mesma medida pra você! (:

Bailarina, grata, lindeza.

Inté.

Vanda disse...

Paula os seus postes sempre com originalidade, assim como os seus comentarios!

beijinhos
e continuação de uma boa semana

Madalena Barranco disse...

Querida Paula, muuuuito obrigada!!! Fiquei muito feliz de você ter gostado de meu poeminha voador - hehehe! E gostei mais ainda de vê-lo em meio a sua arte, assim como "tudo vem de dentro e volta para dentro" > essa é uma grande verdade, pois tudo que fazemos é para nós... E mais ninguém! Beijos.

ki-colado disse...

Que a sua meta-morfose seja sempre uma constante Paulinha Calixto!!!