Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Há-mar, desa[r]mar... Amar!!!

.
Amar

Pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?

amar e esquecer,

amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados amar?

Que pode, pergunto, o ser amoroso,

sozinho, em rotação universal, senão

rodar também, e amar?

amar o que o mar traz à praia,

o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,

é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?


Amar solenemente as palmas do deserto,
o que é entrega ou adoração expectante,
e amar o inóspito, o cru,

um vaso sem flor, um chão de ferro,
e o peito inerte, e a rua vista em sonho, e uma ave
de rapina. Este o nosso destino: amor sem conta,

distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,

doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor a procura medrosa,

paciente, de mais e mais amor.


Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa
amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita.


[C. Drumond]
.



















.
Em um mar de há-mar... preciso dizer mais nada. Preciso?[risos]
.
Beijos

4 comentários:

Mila disse...

ah Drummond... pois é... nada mais a dizer.... lindas fotos!!!!
Beijos Mila

Andréa disse...

Lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Q feliz por vc linda!!!!!

=)

ki-colado disse...

Simples é há-mar.

Ricardo Soares disse...

maçã do topo e seus paradoxos... gostei da definição e colocação do blog... o homem e seus paradoxos, a mulher e seus paradoxos, todos santos e pecadores
entonces... pecados e santidades nesse domingo
kiss
ricardo