Santa, pecadora... Olhar pra dentro é ver-se de verdade: enxergar os paradoxos e aceitar[si].

Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Santa, pecadora, com o Amor na veia e a alma nas vísceras.

Contagem regressiva para Tainá pipocar!!!

sábado, 28 de abril de 2007

Chover por fora; brilhar por dentro - num fluir de besteiras e profundidades.



Em um bre
ve refresco de um calor absurdo, a chuva apareceu pra aliviar a alma.

Chover é preciso!


Mesmo molhado, o brilho não se apaga.

É como o ouro embaixo
d'água.

E assim começa o dia...









Há quem não goste de chuva. Mas, tudo no mundo é um espelho. E quando o calor bate até esquentar a alma... a gente tem que ter um refresco!
Quando o dia amanheceu molhado, eu tive a sensação de suspiro, de alívio. Não um alívio só por fora, no corpo, na pele, na temperatura. Tive aquela sensação de paz misturada ao vigor refeito na alma.


AMO CHUVA!!!






A essência é a água.








Ela inspira a vida!
Não há vida sem floração.


Não há vida sem água (nem fora, nem dentro). Então, molhar é preciso, mesmo no choro que lubrifica o olho atarvés da lágrima. Lágrima - água. Regar é preciso; não há tristeza nisso. Toda planta precisa! E se um ser que não sai do chão, mas cresce para o alto aceita o presente molhado... É preciso ser assim, meio "Polyana" na vida e ver as coisas de todos os lados.
"A vida é um fenômeno mosntruoso." Já dizia Jung. E dizia mais:

"A vida sempre me afigurou uma planta que extrai sua vitalidade do rizoma; a vida propriamente dita não é visível, pois jaz no rizoma.O que se torna visível sobre a terra dura um só verão, depois fenece... Aparição efêmera. Quando se pensa no futuro e no desaparecimento infinito da vida e das culturas, não podemos nos furtar a uma impressão de total futilidade; mas nunca perdi o sentimento da perenidade da vida sob a eterna mudança. O que vemos é a floração - e ela desaparece. Mas o rizoma persite."

["Memórias, sonhos e reflexões",
Carl Gustav Jung]














- Quero água na palma da mão!




















- E quero VIDA!!! ......



Beijos
molhados.


[É só o começo do dia!]

5 comentários:

Anônimo disse...

E é só o começo do dia?!hehehe

Anônimo disse...

nessas besteiras a profundidade da vida se aflora. ;)

sempre q vou no seu orkut dou um pulinho no seu blog e é sempre uma surpresa boa.

bejin molhado pra tu tb

Plugado disse...

Entre delúvios e chuviscos sua vida se faz hoje.

Você é pura sensibilidade!

Gostei.:)

psicojuris disse...

Descobrir o verdadeiro sentido das coisas é arte.

Sublime

Luis Garção Nunes disse...

A sensibilidade patente neste seu blog é demais evidente.
Parabéns